Mais uma mudança no visto canadense em 2018? Saiba o que muda e como evitar o gasto a mais antes da mudança 6


visto canadense fingerprintsA inclusão da biometria na aplicação de visto canadense será a partir de 31 de dezembro de 2018

Estamos a poucas semanas do término do ano e as novidades e mudanças na solicitação do visto canadense ainda estão acontecendo.

visto canadense

Na realidade, quem está planejando ir para o Canadá em 2019 tem até dia 31 de dezembro deste ano para solicitar o visto sem a necessidade de biometria, procedimento já existente no visto americano.

Com a inclusão da biometria no visto canadense o governo amplia o controle de dados para assegurar que pessoas que ofereçam riscos a segurança do Canadá não entrem no país.

A biometria nos vistos para o Canadá passa a valer para todos os portadores de passaporte brasileiro e que serão requerentes aos vistos de visitante, estudante ou residente permanente.

 

Ponto negativo para quem vai solicitar o visto canadense com biometria:

Encarece o processo. Esse “credenciamento” será realizado em um VAC e é sabido que não há unidades em todas as capitais brasileiras, sendo necessário deslocamento até a mais próxima [quem nem sempre é tão próxima assim]. É um custo a mais que pode ultrapassar facilmente os R$ 1.000 em custo de passagem aérea e hospedagem, além da taxa, obviamente. Atualmente, os VACs que atendem as solicitações para o visto estão no Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo, Recife e Porto Alegre.

Sabemos que as taxas para o visto canadense são cobradas em dólar (convertidas para o real em conversões ajustadas várias vezes ao ano) e que o valor da moeda está relativamente alto. Quem prefere ter o controle financeiro da viagem para o Canadá precisa se atentar, pois essas novas regras, quando implementadas, não costumam retroceder. Empresas como a INFOVISTOS, que lida especialmente com vistos canadenses, já está preparada para receber a alta procura que deve ocorrer antes da inclusão da biometria. A empresa trabalhará através do portal Visto Para o Canadá para atender os clientes que querem ter sucesso nas aplicações.

carimbo e formulario visto canadense

O processo de biometria no visto canadense é semelhante ao já existente no visto americano, o requerente dependerá de agendamento antes de se dirigir no VAC para cadastrar esses dados. É mais uma burocracia para lidar e mais um prazo para incluir no processo geral. Em se tratando de uma novidade e que para muitas pessoas a ida para o Canadá será a primeira viagem internacional, vale contar com ajuda profissional, nesse caso um despachante de visto, que tratará de agendar a biometria e cuidará também de outras etapas fundamentais para que o processo seja bem-sucedido. Veja como funciona o trabalho do despachante de visto nesse texto que temos no site da Visto Para o Canadá.

Além disso, ainda não se sabe [até o momento em que este post está sendo escrito] como funcionarão os agendamentos no VAC em relação aos prazos. Essa variável de tempo pode impactar no planejamento de quem quer estudar no Canadá e está com prazos apertados (Afinal, nem todo mundo planeja anos antes ou tem todos os documentos para o visto canadense em mãos na hora da aplicação, não é mesmo?).

 

Ainda dá tempo de tirar o visto canadense sem a biometria?

Sim. Mas é importante levar em consideração que essa passa a ser mais uma etapa que compromete diretamente na aplicação. Então é aconselhável se organizar e aplicar o quanto antes. Aos que querem realmente aumentar as chances de ter o visto aprovado por entregar um processo “redondo” a dica é contratar um consultor de visto canadense que já está trabalhando de acordo com as regras do Consulado.visto canadense

Não é preciso criar tensão, afinal as aplicações feitas antes do dia 31 de dezembro de 2018 seguem sem a biometria entre as exigências. A exclusão de mais esse passo burocrático na solicitação é, de certa forma, tranquilizador, independente da contratação de um despachante de visto, pois ainda não se sabe como funcionarão os prazos para atendimento desses agendamentos para as novas solicitações de visto quando a mudança entrar em vigor.

Então o que ressaltamos é que se há certeza da ida para o Canadá nos próximos meses é mais vantajoso agilizar a solicitação do visto, evitando assim a necessidade de se deslocar até um VAC para fazer a biometria.

Visitantes que aplicarem esse ano e decidirem estudar no Canadá no ano que vem ficam isentos desse trâmite. A mudança de status feita dentro do Canadá pode contar também com o serviço do consultor de visto no Brasil, nesses casos é aconselhável também contar com um profissional especialista nesses trâmites.

 

Você gostaria de saber mais a respeito dessa mudança?

Saiba como solicitar o visto de turismo para o Canadá

Se você vai estudar, saiba mais sobre o visto de estudante para o Canadá

 

Autor: Alexandre Luis Pedrosa – Já auxiliou centenas de pessoas a tirar seu visto para o Canadá. Sabe tudo sobre o Canadá. Pergunte!

Quer ajuda? Escreva direto para o autor: alexandre@vistoparaocanada.com.br


Alexandre Luis Pedrosa

Sobre Alexandre Luis Pedrosa

Já viajou pelo Canadá de ponta a ponta. Sabe tudo sobre o Canadá. Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos, imigração e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Escritor de contos e do E-book "99 atividades e atrações grátis para fazer no Canadá". Um eterno apaixonado pelo Canadá.

Escreva para nós aqui >

6 pensamentos em “Mais uma mudança no visto canadense em 2018? Saiba o que muda e como evitar o gasto a mais antes da mudança

  • Ismar Lisboa Batista

    Olá Alexandre… Quem já esteve no Canadá anteriormente e já possuía um visto mesmo que já vencido recentemente, precisa correr para renovar o visto até 31/12/2018 ou pode se beneficiar fazendo a renovação via Autorização eletrônica de viagem (eTA) pelo site do Governo do Canadá após o dia 31/12/2018 ?
    Obrigado.

      • Ismar Lisboa Batista

        Alexandre, obrigado por ter respondido, porém, não ficou muito claro a parte em que você diz; “o eTA não tem a mesma abrangência.” … A que tipo de abrangência você se refere? Poderia detalhar?
        Até mesmo porque isso irá servir para auxiliar no esclarecimento de outras pessoas que caso tenham a mesma dúvida que a minha.
        Obrigado mais uma vez. Abs.

        • Alexandre Luis Pedrosa
          Alexandre Luis Pedrosa Autor do post

          eTA = Autorização eletrônica para viagens ao Canadá dede que a entrada seja de avião. Permanência máxima 6 meses. Não dá direito a renovação.
          Visto = deve ser de acordo com o objetivo da viagem. Poderá entrar através de qualquer via.