Visto Canadense Estudantes

Diferença entre visto canadense de estudante e visto para turismo no Canadá


Saber qual o tipo de visto canadense solicitar para a sua viagem é fundamental para um processo sem erros

O plano é fazer um intercâmbio no Canadá para estudar inglês nas férias e te disseram que com o visto canadense de Visto Canadenseturista era perfeitamente possível fazer o curso. Tá certo isso? E o visto canadense de estudante, existe pra que?

Muito se fala no entusiasmo do Canadá em receber estrangeiros para estudar e que os brasileiros estão “descobrindo” o país como excelente alternativa para estudar inglês no exterior gastando menos, não só pelo dólar canadense mais barato que o americano, mas também pelos valores menos agressivos dos programas de intercâmbio. As boas relações entre Brasil e Canadá geram facilidades como a permissão para estudar com o visto de turista. Facilidade que confunde algumas pessoas, principalmente as que pretendem tirar o visto para o Canadá sozinhas, e nisso pode morar um problema cuja consequência seja atrapalhar solicitações futuras de visto.

Quem pode solicitar o visto canadense de turismo para intercâmbio?

As principais regrinhas para saber se esse é o visto indicado para seu intercâmbio são:

  • Modalidade do curso: De idioma (inglês ou francês), incluindo o preparatório Pathway;
  • Duração do curso: Até 24 semanas.

Talvez a principal vantagem para quem pode solicitar o visto de turista para estudar no Canadá (o nome correto, diga-se de passagem, seria Visto de Residente Temporário) seja a maior simplicidade na solicitação, uma vez que não é obrigatória a apresentação de exame médico e de comprovação financeira para um ano inteiro dentro do Canadá, apenas do tempo de duração do programa de intercâmbio. O visto é de múltiplas entradas.

 

E o visto para Pathway?

Para quem ainda não conhece, o programa nominado de Pathway é aquele que inclui como pré-requisito para admissão em universidade ou college canadense a realização de curso de inglês no Canadá com o objetivo de fazer o estudante alcançar nível satisfatório do idioma para aproveitamento no curso superior.

Com a mudança que entrou em vigor em julho deste ano, os estudantes que se submeterão ao programa devem aplicar para o visto canadense de turista para realizar o curso de idioma, desde que ele tenha duração de até 24 semanas.

Quando o estudante terminar o curso de inglês, apresentando condições para ser admitido no college ou universidade deve proceder com uma nova aplicação de visto, desta vez de estudante ou Study Permity. O cônjuge (se estiver acompanhando o estudante no país), que até então estava também com o visto para turismo, nesta etapa aplica para o Work Permit, ou visto canadense de trabalho.

Embora tenhamos citado que a solicitação do visto canadense de turista seja mais simples, para quem vai fazer o Pathway e a análise do perfil e do objetivo aponta para esse novo modo de aplicação de visto, as comprovações financeiras e informações sobre os cursos e escolas, bem como as cartas de apresentação deverão ser apresentadas logo na primeira apresentação. Após a aplicação, a Imigração do Canadá informará se o estudante terá o privilégio de solicitar “logo de cara” o visto de estudante, pulando a etapa anterior.

 

E o eTA, funciona para quem?

Conforte divulgado recentemente na imprensa, a partir de maio de 2017, os brasileiros que possuem visto americano válido, green card e/ou visto canadense emitido nos últimos 10 anos, podem aplicar para o eTA, um visto eletrônico, barato e com emissão muito simplificada (explicamos detalhes aqui) que permite a visita de turismo no Canadá, bem como estudar idioma nos moldes que explicamos no trecho sobre o tradicional visto canadense de turista.

 

Enfim, o visto canadense de estudante, ou Study Permit, deve ser solicitado em quais casos?

Estudantes que ingressarão em cursos com duração superior a 24 semanas na modalidade:

Cursos de idioma;

High School;

Cursos superiores (college ou universidade) e pós graduação.

O processo de solicitação do visto canadense de estudante exige a apresentação de documentos específicos, como carta de aceitação da instituição de ensino e, para os admitidos em cursos de ensino superior, o exame de proficiência de idioma. A comprovação de recursos financeiros é uma etapa de grande importância na solicitação do visto canadense, o estudante deve apresentar via documentos que tem condições de custear os estudos e manter-se no Canadá.

 

 

Autor: Alexandre Luis Pedrosa – Sabe Tudo sobre o Canadá. Com certeza poderá te ajudar.

Escreva direto para o autor: alexandre@vistoparaocanada.com.br

 


Alexandre Luis Pedrosa

sobre Alexandre Luis Pedrosa

Já viajou pelo Canadá de ponta a ponta. Sabe tudo sobre o Canadá. Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos, imigração e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Escritor de contos e do E-book "99 atividades e atrações grátis para fazer no Canadá". Um eterno apaixonado pelo Canadá.

Escreva para nós aqui >