Turismo ou Intercâmbio no Canadá ? Na ponta do lápis o que vale mais a pena?


As mudanças que extinguiram o visto de entrada única e a aplicação do Study Work Permit para quem vai fazer um intercâmbio no Canadá para estudar inglês ou francês mudaram os planos de quem pretendia trabalhar no Canadá enquanto conquistava a proficiência no segundo idioma a um custo menor que um College ou Universidade.

O visto de residente temporário continua servindo para quem quer conhecer o Canadá a turismo ou ter a experiência de estudar no exterior (inglês ou francês), desde que o curso não ultrapasse 24 semanas. Lembrando que essa modalidade de visto canadense permanece de múltiplas entradas. Mas qual é mais vantajoso: o turismo com pegada de intercâmbio cultural ou os programas de intercâmbio convencionais?

Já falamos aqui no Visto para o Canadá o quão esse país é interessante, plural e historicamente rico. Uma viagem de férias com um bom roteiro para ter contato com a multiculturalidade de cidades como Toronto e Vancouver, ver de perto a história do país em Quebec City e Montreal desbravando as cidades velhas e tantas outras atrações turísticas, treinando seu inglês e/ou francês enquanto se diverte, faz seus próprios horários e treina a conversação “na raça” agrega muito conhecimento e traz experiências especiais e únicas que enriquecem a vida de modo geral.

Já em programas de intercâmbio a rotina é mais regrada, claro que tem diversão, passeios, cultura e amigos, Intercâmbio no Canadámas manter o foco no curso e no que te levou a estudar no exterior são as palavras de ordem nesse momento. Em uma viagem desse tipo há chances maiores de fazer networking, ver mais detalhadamente como a cidade funciona para fazer planos de trabalhar no Canadá ou, quem sabe, pensar em imigrar. Um planejamento maior foi realizado, o investimento financeiro é mais objetivo que no intercâmbio cultural ou viagem a turismo. Por isso, é importante avaliar qual das opções é mais vantajosa em relação a preço, tempo disponível e retorno desse investimento.

Turismo ou intercâmbio no Canadá na ponta do lápis

Taxa de visto canadense Em torno de R$ 500,00. Nesse valor estão inclusos a taxa do normal do consulado canadense e os honorários do despachante para visto. Uma única taxa e a comodidade de livrar-se da burocracia e ter mais tempo para cuidar dos detalhes da viagem. Os valores são os mesmos se o visto for de residência temporária (validade de 24 semanas e permite fazer curso no Canadá)!

Passagens aéreas: A média de custo para as passagens aéreas é de U$S 1000,00. Procurar melhores preços de passagens aéreas é vital para economizar uns dólares, os preços variam inclusive para as temporadas de inverno ou intercâmbio. Contabilizar cada gasto individualmente também ajuda a ver se vale a pena os pacotes de viagem oferecidos pelas agências de turismo.

Intercâmbio no Canadá – Em média, CAD$ 295,00 semanais. Nos programas de intercâmbio existem diferenças em carga horária, aulas por semana e nível de conhecimento no idioma. Esses fatores alteram os preços para mais ou para menos.

Hospedagem –  Esse é um tópico delicado e muito (muito) importante. Para quem está no país a turismo as opções ficam entre hotéis, hostel e alugar um apartamento. Já para quem procura os programas de intercâmbio as opções aumentam, entra o Homestay, a hospedagem em casa de família com até três refeições diárias inclusas. No quesito preço, sem dúvida, a melhor opção.

Homestay: CAD$650 a CAD$800 semanais;

Hostel: diárias a partir de CAD$ 25,00 em quartos coletivos podendo chegar a CAD$ 95,00 em quartos particulares ou com poucos ocupantes;

Aluguel de apartamento: CAD$800 a CAD$1.600 mensais;

Hotel: Preços a partir de CAD$ 70,00 a diária.

Obviamente, que para todas as opções de hospedagem existem variantes importantes como se a alimentação está inclusa, a cidade, a localização (longe ou perto do centro), custos com transporte e o tempo que a estada no Canadá vai durar. Todos esses valores são uma média e variam também de acordo com a taxa do dólar.

Em tempo, seja em programas de intercâmbio, em pacotes de viagem de agências de turismo ou de forma particular num roteiro de viagem personalizado, conhecer o Canadá sempre vale a pena. Considerando sempre o que te levou até lá, as conquistas que vai trazer na mala e as histórias ricas que vai contar. Então faça bem as contas e prepare-se para curtir um dos melhores lugares para se viver.

 

Autor: Alexandre Luis Pedrosa – Sabe Tudo sobre Intercâmbio e Turismo no Canadá.

Escreva direto para o autor: alexandre@vistoparaocanada.com.br   


Alexandre Luis Pedrosa

Sobre Alexandre Luis Pedrosa

Já viajou pelo Canadá de ponta a ponta. Sabe tudo sobre o Canadá. Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos, imigração e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Escritor de contos e do E-book "99 atividades e atrações grátis para fazer no Canadá". Um eterno apaixonado pelo Canadá.

Escreva para nós aqui >