Trabalhar no Canadá não é tão simples quanto imaginam 13


Quando as notícias sobre as missões de recrutamento que vêm buscar brasileiros para trabalhar no Canadá tomam conta dos noticiários é como se a luz de um farol indicasse a terra firme e produtiva tão sonhada. Fugir da crise pela oportunidade de morar no país seria a solução dos problemas dos brasileiros, mas essa equação não fecha para todos.

A frustração acontece principalmente para aqueles que querem imigrar pelos motivos errados, no desespero, e não se preparam para atender as exigências do mercado de trabalho canadense e dos programas de imigração, se apoiando talvez nas histórias de sucesso de décadas passadas de quem realizou “o sonho americano” trabalhando nos Estados Unidos em setores como a Construção Civil e em casas de família, ainda que haja muitos casos assim no caso de trabalhar no Canadá.

Basicamente, existem dois perfis de brasileiros que querem trabalhar no Canadá: os que sonham e os que planejam. Parece “papo furado”, mas os filtros das missões de recrutamento são bem severos quando analisados no detalhe. Decidiu a poucos meses que quer imigrar para o Canadá o mais rápido possível e vai a uma reunião de um dos Ministérios da Imigração canadense? Vai interagir enlouquecidamente nos sites e blogs de brasileiros no Canadá para “adiantar seu lado”? Maravilha! Então pressupomos que já tenha dado check em toda essa lista:

 

Requisitos para trabalhar no Canadá

  • Dois ou mais anos de experiência na carreira;
  • Formação de nível superior na profissão requerida;
  • Fluência no inglês ou francês, ou nível avançado;
  • Disponibilidade de início imediato. Isso inclui documentação em dia e chances positivas de atender ao perfil dos programas de imigração.

A nossa intenção aqui não é desencorajar as pessoas, longe disso, mas alertá-las quanto à importância do planejamento e de se preparar para a realidade de um país muito diferente do Brasil. Ok, mas como começar?

Conhecer, participar e interagir nesses eventos que buscam brasileiros para trabalhar no Canadá é importante sim, mas o trabalho deve começar antes e contar com dedicação. O início pode ser com uma estratégia simples e eficaz: buscas pela internet.

 

Sites de emprego para trabalhar no Canadá

Sites como Canada Jobs, JobBank, Jobs-Emplois, Eluta.ca, Workopolis e Mosters rapidamente entrará entre  seus favoritos. Procure se familiarizar com os termos técnicos da sua profissão, isso aumenta seu vocabulário e potencializa as buscas pelas vagas e pelos interesses das empresas contratantes.

Por mais que a economia do Brasil esteja “ruim das pernas”, muita gente se permite algumas escapadas no orçamento mensal ou vão além de que o bolso permite. Avalie se esses hábitos podem ser mantidos com a realidade de trabalhar no Canadá. Saber os salários médios da sua profissão para fazer as contas do seu custo de vida corretamente já ajuda. Um bom site para isso é o JobBank.

Existe sim crise no Canadá e, na última já superada, alguns setores sofreram o impacto dela – vide a indústria petrolífera – o que gerou desemprego e desaceleração na economia em outros campos, no varejo inclusive, chegando a aumentar o número de suicídios na província de Alberta e Saskatchewan. Veja mais detalhes na matéria do The Gaurdian. Então, estude sobre o estilo de vida dos canadenses e imigrantes nesse sentido e se prepare para os tempos difíceis, quando eles acontecerem.

 

Profissões em alta para trabalhar no Canadá

Emprego na área de TI, Marketing, Engenharia, Enfermagem… Já deve ter ouvido falar que essas profissões estão em demanda no Canadá. E isso não é mentira, o que comprovam essas missões de recrutamento no Brasil. O que precisa ficar claro é que o Canadá está à procura, não em desespero. Seja o mais assertivo possível  ao entrar em contato com uma empresa canadense para não parecer mais um aventureiro curioso.

Se a sua profissão é regulamentada no Canadá, esteja preparado para a maratona de validação de diploma, fizemos algumas matérias sobre o assunto, confira: Trabalhar como engenheiro no Canadá,  Enfermagem no Canadá e Fisioterapia no Canadá .

Mas, e os outros perfis de trabalhadores? As exigências são as mesmas? Cada caso é um caso (nunca esquecendo do idioma em dia), até mesmo porque nem todo trabalhador vai sair direto do Brasil para o emprego no Canadá. Existem cônjuges e filhos de imigrantes que acompanham os familiares e recebem permissões de trabalho, ou de estudo, que geram oportunidades no país até mesmo em profissões não regulamentadas, conforme descrevemos nesse link.

Seja qual for seu caso e sua realidade, o fundamental é se interessar pela cultura canadense com antecedência para se adaptar da melhor forma possível. A fama do Canadá tem crescido ao passar dos anos, assim como o interesse na imigração a competitividade também. Apesar do alto interesse dos brasileiros na imigração, muita gente não foca nos detalhes e acredita que a preocupação com planejamento, estudos de idioma e novas conquistas profissionais seja uma falácia, assim como os “contras” de morar no país.

 

 

Autor: Alexandre Luis Pedrosa – Sabe tudo sobre trabalhar no Canadá.

Quer ajuda? Escreva direto para o autor: alexandre@vistoparaocanada.com.br


Alexandre Luis Pedrosa

Sobre Alexandre Luis Pedrosa

Já viajou pelo Canadá de ponta a ponta. Sabe tudo sobre o Canadá. Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos, imigração e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Escritor de contos e do E-book "99 atividades e atrações grátis para fazer no Canadá". Um eterno apaixonado pelo Canadá.


Escreva para nós aqui >

13 pensamentos em “Trabalhar no Canadá não é tão simples quanto imaginam