15 pontos turísticos do Canadá que são imperdíveis para quem visita o país 16


O que não falta na viagem são pontos turísticos do Canadá para visitar. Quem visita o país garante muitas descobertas culturais, seja pela arquitetura, riquezas naturais, pelos habitantes, heranças colonizadoras, entre inúmeros outros atrativos com lugares incríveis que contam muito na hora de organizar o roteiro de viagem e não deixar nada passar em branco. Se você deseja ter dicas de atividades grátis do que fazer no Canadá veja o e-book sucesso de vendas na Amazon – 99 atividade e atrações grátis para fazer no Canadá.

Separamos abaixo algumas dicas nas principais cidades canadenses para fazer sua viagem render muitas histórias, memórias e emoções. Confira!

Quer saber mais sobre o eTA?  – Isenção de Visto Canadense para Brasileiros – Autorização Eletrônica de Viagens para o Canadá >>>

 

Pontos turísticos do Canadá que são excepcionais aos visitantes

Vancouver

A harmoniosa convivência da natureza e a vida urbana realmente chamam a atenção nessa cidade que não pode deixar de ser explorada por qualquer pessoa que passa por ela.

Capilano Suspension Bridge: As trilhas suspensas que permitem passear pelo parque sobre as copas das árvores já seriam atrações suficientes para o parque. Mas seguindo a lógica das enormes proporções do Capilano Suspension Bridge Park, que ultrapassa os 24 mil m², o que leva milhares de pessoas até lá todos os anos é a ponte suspensa a 70m de altura do rio Capilano com 137m de comprimento. Uma construção datada de 1889 que se tornou uma das principais atrações turísticas do Canadá.

Pontos Turísticos do Canadá - Capilano Suspension Bridge

Capilano Suspension Bridge

Reserve o dia para muita diversão para todas as idades. As crianças fazem o tour “Kids Rainforest Explorer” com direto a interação com os animais, visita a casa da árvore e emblema no final da expedição.

Rocky Mountaineer Train: Do norte de Vancouver até a vizinha Whistler. É um dos roteiros mais procurados das viagens férreas canadenses e não é para menos, ele leva o visitante a descobrir a Sea to Sky com suas paisagens deslumbrantes e chegar ao point do sky e atividades ao ar livre, a cidade de Whistler. A viagem é confortável e luxuosa pelo serviço impecável e a paisagem de tirar o fôlego (com o merecido clichê).

Esse passeio é facilmente incluso em pacotes de operadoras de viagem, mas é possível comprar bilhetes com partidas programadas regulares de abril a outubro para os viajantes independentes.

 

Victoria

Ida de Ferryboat para Victoria: Sempre decorada e organizada. De Ferryboat a viagem leva 1h30 partindo de Vancouver e pode-se dizer que esse passeio dá a noção da vida comum no Canadá pelo conforto e diversidade de serviços, mesmo para um veículo que acomoda tantas pessoas de uma só vez.

Localizada no oeste canadense, Victoria é um marco histórico do país, abrigou apenas povos indígenas organizados em grupos distintos até o final dos anos de 1700. Se tornou a capital de Columbia Britânica com a fundação do Canadá , em 1867.

Mas vamos ao passeio de Ferry. Com estrutura totalmente confortável, dentro do ferry é possível fazer compras, jogar, comer, admirar a vista de dentro ou de fora, principalmente quando se aproxima de Victoria de onde se avista luxuosas residências.

Pontos Turísticos do Canadá - BC Ferries

Ferry (balsa) que vai de Vancouver até Victoria

 

Lugares para ir (e ter vontade de ficar): O Parlamento da Columbia Britânica e o Hotel Fairmont Empress foram projetados pelo mesmo arquiteto e ficam bem próximos um do outro. O primeiro é o prédio mais famoso da cidade, e o segundo é um ícone de luxo onde é servido o tradicional chá todas as tardes para até 500 pessoas. O Whale Whaching é um passeio que dura até 3 horas para apreciação de baleias pelas águas protegidas de Haro Strait e no Strait of Juan de Fuca.

Ainda que a cidade seja naturalmente florida uma visita ao Butchart Gardens te levará a outra dimensão, tamanha a beleza e originalidade desse parque formado sobre uma pedreira no início do século XX. De março a outubro, cerca de 900 variedades de flores dão vida ao parque.

 

Whistler

Peak-2-Peak Gondola em Whistler: Inacreditável! Difícil escolher se no verão ou inverno a paisagem da floresta fica mais bonita vista da gôndola de fundo e laterais de vidro. Com atrações o ano inteiro, Whistler tem seu auge no inverno com a abertura de suas pistas de esqui e snowboard. Imperdível!

Pontos Turísticos do Canadá - Peak 2 Peak Gondola

Peak-2-Peak Gôndola em Whistler Blackcomb Mountain

 

Pontos Turísticos do Canadá - Peak 2 Peak Gondola

Peak-2-Peak Gôndola vista pelo lado de dentro

Redefina seu conceito de tirolesa em descidas de moderadas a radicais entre a floresta ou os picos gelados em alturas comparadas a um prédio de 30 andares.

No verão é possível fazer rafting, passear de canoa, caiaque e stand up paddleboard, jogar golf, trilhar as montanhas a cavalo, ou a pé ou pelas pontes suspensas, saltar de bungee jumping ou mesmo fazer um piquenique nas praias e lagos.

Whistler tem uma infraestrutura interessante e diversificada que vai de ginásios para esportes indoor, passando por museus e galerias de arte, studio de yoga, restaurantes e lojas.

 

Alberta

Banff National Park: “A Coroa do Continente” também é chamado de Parque Nacional da Paz, Patrimônio Mundial da Humanidade e Reserva da Biosfera, já dá para ter uma ideia do que se encontra nesse lugar.

Pontos Turísticos do Canadá - Banff National Park

Uma das vistas maravilhosas em Banff National Park

 

As trilhas do Waterton National Park são ideais para quem deseja aperfeiçoar o alpinismo em um circuito especial. A mais procurada é a Crypt Lake com seus 17km com passagens por cachoeiras e túneis naturais até chegar aos 675m de altitude.

 

Lake Louiseremar nesse lago de águas azuis cintilantes, cercado pelo Vale dos Dez Picos, durante o verão é uma das experiências mais acolhedoras e surpreendentes na visita ao Banff National Park. No inverno, o lago congela e se torna uma das pistas de patinação mais elegantes do Canadá.

Pontos Turísticos do Canadá - Lake Louise

Lake Louise

 

 

New Brunswick e Nova Escócia

Bay of Fundy: Além de abrigar o fluxo de maior maré do mundo, com 270 km de extensão e 160 bilhões de toneladas de água, essa baía é responsável por um dos mais complexos sítios de ecologia marinha do mundo. Lá vive um conjunto de 12 baleias raras em perigo de extinção. Portanto, a observação desses animais é passeio obrigatório na visita.

Por conta desse enorme fluxo de água que forma as marés de Fundy surgiram formações rochosas, falésias esculpidas nas ilhas que podem ser visitadas de caiaque e caminhadas. Aliás, outra coisa obrigatória em Fundy é caminhar no fundo do oceano, isso é possível três horas antes da subida da maré. Cultuado como importante sítio arqueológico, as visitas são carregadas de cultura e história, assim como a gastronomia rica em frutos do mar originários da pesca tradicional além das 10 vinícolas locais.

Visitar a vila de pescadores de St. Martins, parques para camping em família, esportes radicais como rapel e escalada, pesca em alto mar, campos de golfe ao longo da marina de Fundy, a maior hidromassagem natural do hemisfério, torres e fortalezas históricas são outras atrações que fazem de Bay of Fundy uma atração turística singular no Canadá.

 

Toronto

CN Tower: tudo a 533 metros de altura em uma construção cheia de recordes. Muitos têm o sonho de se dependurar sob os cabos, com as mãos livres e sentir o vento no rosto apreciando Toronto a 356 metros de altura, a partir da segunda torre mais alta do mundo, porém, nem todos realizam. Não só pela lista de espera para Edge Walk Overview, mas pela falta de coragem mesmo, apenas alguns conquistam esse feito nas visitas a Toronto, apesar dos milhares de visitantes anuais a esse cartão postal.

Pontos Turísticos do Canadá - CN Tower

CN Tower em Toronto, Canadá

Aos que preferem apreciar a vista de dentro da torre, o mais alto observatório do mundo, o Sky Pod, fica a 447 metros de altura e é alcançado após superar uma escada de 1.776 degraus, também a maior do mundo.

Com frutos do mar e culinária local regada a uma carta de vinhos com mais de 500 títulos, o 360 Restaurant proporciona uma experiência gastronômica das mais refinadas na visita ao Canadá. Tudo isso a 351 metros de altura com vista giratória de Toronto.

 

Ottawa

Parliament Buildings: Uma visita, várias atrações. As margens do rio Ottawa existe um grupo de edifícios em Estilo Gótico de extrema importância histórica e cultural, entre eles, no centro da colina, está o edifício do Parlamento do Canadá que atrai cerca de 3 milhões de visitantes por ano e representa o sistema democrático do país.

Pontos Turísticos do Canadá - Parliament Buildings

Parliament Buildings em Ottawa Canadá – Vista da parte de trás.

Muito da história política é contada entre as obras, esculturas e cerimônias que esse lugar abriga.

Simbolismos como a Centennial Flame, as estátuas e os monumentos representam a unidade do Canadá e a força de suas fronteiras, que fizeram ao longo da história um país ao mesmo tempo unificado e que preserva as características de suas províncias colonizadas por diferentes países.

Tanto no prédio do Senado, quanto na House of Commons, ou na Biblioteca do Parlamento, a riqueza da arquitetura e decoração estão nos detalhes datados do início do século XX. Abóbodas, pisos de mármore, pinturas dramáticas, materiais vindos da natureza local, que esculpidos e aplicados ao projeto, deram nobreza única aos edifícios.

A Torre da Paz (Peace Tower) é um compromisso do país com a paz mundial e homenagem aos canadenses mortos em conflitos de guerra. Lá acontecem recitais regularmente.

Outras atrações da Parliament Hill são a troca de guarda nas manhãs do verão e o show de música e luzes projetadas nos edifícios, este durante a noite.

 

Ontario

Niagara Falls: Um complexo de lazer criado pela natureza a pouco mais de 100 km de Toronto. Apenas admirar a exuberância das três quedas d’água mais famosas do mundo pelas passarelas, barcos ou de helicóptero, bastaria como atração de Niágara. Mas a cidade oferece mais.

Pontos Turísticos do Canadá - Niagara Falls

Foto aérea de Niagara Falls

Cassinos e hotéis com arquitetura dos anos 20, restaurantes, os brinquedos surreais na “exótica” e “de gosto duvidoso” Clifton Hill, vinhos e bacon são outros atrativos e sabores de Niágara.

Se sua passagem por lá durar mais de um dia, uma sugestão é conhecer de perto a fabricação dos vinhos dessa região, especialmente o Icewine (conforme escrita canadense).

Seguindo a Niagara Parkway, ao norte canadense, admire as paisagens agrícolas, os casarões e até aproveite para curtir a ciclovia até chegar as vinícolas para apreciar pinot noirs, chardonnays e garantir sua garrafa de icewine.

 

Prince Edward Island e New Brunswick

Confederation Bridge: São 12,9km de ponte em curva cruzando as águas, que ficam cobertas de gelo no inverno, para unir as províncias de Prince Edward Island e New Brunswick.

Pontos Turísticos do Canadá - Confederation Bridge

Vista daConfederation Bridge que liga as províncias de Prince Edward Island e New Brunswick

Por que visitar? A construção, que comemora pouco mais de 20 anos, é um dos marcos da engenharia canadense e foi concebida após uma longa discussão entre setores de classe e a sociedade de Prince Edward Island que só cessou após votação em um plebiscito que decidiu que a ponte substituiria a tradicional balsa.

Além do apelo histórico, a Confederation Bridge se tornou referência pela engenharia e sua relação com a natureza preservando e reestabelecendo a vida marinha em prol da conservação de um ambiente saudável para pesca, reprodução de lagostas e outros crustáceos e com a diminuição da emissão de poluentes de comparado com o antigo sistema de balsa.

 

Québec

Château Frontenac: Um clássico! Passar por Québec sem ao menos olhar de longe a imponente construção datada do final do século XIX no alto da colina da Cidade Alta de Québec é um desperdício.

Pontos Turísticos do Canadá - Château Frontenac

O cartão postal de Quebéc City – Château Frontenac

Para quem não vai se hospedar lá, a visita no hotel pode e deve ser feita. Acompanhada de monitor se tem a chance de conhecer o papel histórico e a evolução do hotel até chegar a ser esse cartão postal de arquitetura inglesa, com mais de 600 quartos, restaurante, outras tantas atrações, somadas a  uma vista espetacular.

La Citadelle em Quebec City: Um mergulho na história de Québec. Construída para defender o território britânico após a guerra do final do século XIX essa fortaleza representa um trecho histórico importante do Canadá e é até hoje a casa do 22° Regimento Real. São muitas as atrações oferecidas pelo museu militar de Québec. As visitações diurnas são restritas a algumas áreas, mas durante o verão e o outono é possível acessá-las durante visitas noturnas.

 

Nova Scotia

Peggy’s Cove: O estilo de vida nas vilas de pescadores, esportes na natureza e uma culinária marcante. A cidade está na região de Nova Scotia, é banhada pelas águas do Atlântico e abriga o Peggy’s Point Lighthouse, que apesar dos 160 faróis de Nova Scotia, esse é um dos mais simbólicos e famosos de lá e todo o Canadá. O ponto de luz vermelha no topo da torre vermelha e branca erguida sobre as rochas banhadas pelo mar do Atlântico caracteriza a proteção as fronteiras ao longo das costas marinhas canadenses e o incentivo as atividades pesqueiras de toda aquela região.

Muito conhecida pelas atividades pesqueiras e o estilo de vida pacato, Peggy’s Cove recebe muito bem os turistas que buscam conhecer a atmosfera da cidade, praticar esportes em contato com a natureza rústica local e saborear o que há de melhor na culinária, prioritariamente vinda da pesca, como a lagosta e o haddok.

Pontos Turísticos do Canadá - Peggy´s Cove LightHouse

Vista do farol de Peggy´s Cove

 

Quem vai à Peggy’s já leva pelo caminho as experiências da estrada que o fizeram chegar até lá. Aromas, paisagens cinematográficas, o sabor do Maple Syrup, a bebida mais tradicional do Canadá, e histórias de naufrágios que tornam Peggy’s Cove uma das principais atrações de Halifax.

Claro que estas são apenas alguns de centenas de pontos turísticos do Canadá. Mas já dá para ter uma ideia do porque conhecer este país é uma experiência incrível, que pode e deve ser repetida inúmeras vezes.

E você? Tem alguma dica de pontos turísticos do Canadá que queira compartilhar conosco? Escreva nos comentários e ajude a enriquecer ainda mais a viagem de quem irá conhecer as maravilhas canadenses.

 

Autor: Alexandre Luis Pedrosa – Vai fazer você apaixonar-se pelo Canadá, caso já não esteja!

Escreva direto para o autor: alexandre@vistoparaocanada.com.br


Alexandre Luis Pedrosa

Sobre Alexandre Luis Pedrosa

Já viajou pelo Canadá de ponta a ponta. Sabe tudo sobre o Canadá. Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos, imigração e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Escritor de contos e do E-book "99 atividades e atrações grátis para fazer no Canadá". Um eterno apaixonado pelo Canadá.


Escreva para nós aqui >

16 pensamentos em “15 pontos turísticos do Canadá que são imperdíveis para quem visita o país