onde comer em vancouver

Especial para comilões: Onde comer em Vancouver pagando pouco? 8


Em tempos de alta do dólar americano toda dica para economizar é bem-vinda. Ainda que o dólar canadense esteja “mais em conta”, o impacto do câmbio flutuante nas viagens para fora do Brasil aparece nos cartões internacionais que têm suas faturas convertidas para dólar americano antes do total apresentado em reais, na compra de dólar americano para momentos de urgência e até no freeshop. Quem não desistiu de embarcar rumo ao exterior, e escolheu o Canadá como destino ou vai fazer intercâmbio para estudar inglês ou francês, precisa controlar os gastos sem deixar de fazer uma grande viagem por isso dicas de onde comer em Vancouver pagando pouco já ajuda bastante na hora de economizar alguns dólares. 

Poutine

Poutine

Empolgante, multicultural e repleta de cartões postais, a cidade de Vancouver certamente fará parte do roteiro de viagem para o país de muitos brasileiros e é a escolha de muitos para fazer intercâmbio no Canadá. Não por acaso. A cidade é plural e tem temperaturas mais amenas que a igualmente famosa Toronto, tem também lugares espetaculares como o Capilano Park, o impressionante Aquário de Vancouver, a Grouse Mountain, Stanley Park, English Bay Beach, os esportes de inverno de Whistler e muito mais. Importante lembrar que para curtir tudo é aconselhável estar bem alimentado para manter a energia. Podendo escolher lugares para comer em Vancouver gastando menos, melhor ainda.

Dicas de onde comer em Vancouver gastando pouco

Café da manhã – Nem sempre é fácil reservar um hotel com um bom café da manhã e pular essa refeição pode não ser uma boa ideia. Se você ficar hospedado em casa de família, as famosas homestays, muito comuns no intercâmbio, geralmente o café da manhã está incluso.

O brunch, pouco popular no Brasil, é bem servido em restaurantes e bares canadenses. Rico em ovos, panquecas, bacon e até mesmo cervejas artesanais, para os mais ousados, essa refeição entre o café e o almoço é servida em muitos lugares. Os preços são um pouco “salgados”, mas não desanime, existem opções para cafés da manhã baratos em Vancouver.

Pagando de CAD$ 8,00 a CAD$ 10,00 se escolhe um café da manhã com panquecas, ovos e sanduíches em lugares como Sunshine Diner, Sophie’s Cosmic Cafe, The Red Wagon, Jethro’s Fine Grub  e o tradicionalíssimo Tim Hortons com lojas e drives thru espalhados por todo o Canadá – a rede é amada pelos canadenses -, com seus donuts, muffins, bagels, cafés gelados e quentes e os timbits, uma espécie de minisonho superfamoso em todo o país . Achou caro? No Bon Off Broadway, o “pequeno brunch” com ovos, pan de batatas, bacon, presunto ou salsicha, sai por menos de CAD$ 4,00 e no Café Zen uma opção parecida servidas com torradas custa em média CAD$ 5,00.

 

Almoço – Está a fim de investir apenas CAD 5,00 no almoço? Vá para o The Capital, Davie St, que serve porções de massas e hambúrgueres a preços únicos. É vegano? Coma muito bem e pague pouco no Tractor Foods, onde há porções de saladas por CAD$ 3,25 e sanduíches baratinhos.

No Hubbub os lanches são especiais e contam com o toque do cliente que escolhe a combinação que vão de frangos marinados com leite de coco até frutos do mar.

Quatro tacos recheados com carne saudável e finalizado com ingredientes coloridos e saborosos por menos de CAD$ 10,00 é no La Taqueria. As chances de comer bem pagando pouco em Vancouver beiram o inacreditável. Sabores inspirados na culinária mediterrânea por CAD$ 10,00 no The Wine Bar aos domingos e segundas-feiras – a dica se estende para os jantares após às 22h. As segundas-feiras no Lolita's são mais felizes com o preço promocional de CAD$ 10,00 para o taco no prato.

O Black + Blue tem promoções no almoço e, eventualmente, oferece lanches a CAD $ 10,00. Porções de churrasco e costelas, peixes e batatas fritas com direito a cerveja artesanal. Monte sua combinação favorita no Elwoods pagando apenas CAD$ 10,00. Se estiver com sorte, o The Cambie Bar & Grill estará com a promoção de CAD$ 5,00 no minichurrasco de porco no sanduíche e burgers de carne ou vegano por menos de CAD$ 10,00.

Salve essa relação de restaurantes que servem noodles, aqueles macarrões orientais que vão bem com quase tudo. O limite para os preços são CAD$ 10,00 e achar ótimos pratos a menos que isso é muito fácil no Ha Long Bay, no Basil Pasta Bar e no Hawker’s Delight. No Hida Takamaya Ramen, que fica no segundo andar do Robson Public Market, são servidos pratos que não ultrapassam os CAD$ 10,00. Sem glúten, lactose e com ingredientes orgânicos, os noodles do Fresh Bowl podem ser montados ao gosto do freguês por CAD$ 10,00.

Dá para levar seu fast food saudável para o hotel. Basta passar no SMAK Healthy Fast Food e escolher os pratos a menos de CAD$ 10,00 que servem bem no café, almoço e jantar.

 

Lanche – Os tipos de lanches encontrados em Vancouver são imperdíveis. Os fãs de hot dog terão agradáveis surpresas nas barraquinhas Japa Dog. Os sabores fogem do tradicional e vão de salsicha de porco terimayo, tipicamente japonesa, em um lanche finalizado com filetes de alga, passando pelo vegano e indo até hot dog de tempurá. Uma das barracas fica na Robson Street.

Seguindo a regra do que atualmente é moda no Brasil, os food trucks enriquecem a cena gastronômica nos verões de Vancouver. Em pontos fixos ou circulando pela cidade, se prova comida mexicana, espanhola, sanduíches e doces franceses, picolés artesanais, tortas vegetarianas, o sabor das carnes australianas, o frescor dos frutos do mar com o modo de fazer típico canadense, preparações com ingredientes orgânicos... Tantas e tantas opções do trivial ao gourmet espalhadas por Vancouver a preços a partir de CAD$ 7,00.

Se a pedida por provar um prato típico canadense é obrigatório visitar as casas de Poutine. A porção de batatas com molho especial e queijo mais famoso de todo o Canadá pode ser encontrada com facilidade nos principais bairros da cidade. Não existe preço tabelado, por isso, vale pesquisar entre os locais mais conhecidos para achar o melhor preço. Segue uma listinha para ajudar: La Belle Patate, Fritz European Fry House, Belgian Fries (fica no número 1885 da Commercial Drive), Flying Pig, Six Acres Pub, Edible Canada Bistro, BierCraft Tap and Tapas, The Oakwood Canadian Bistro, Fresh Local Wild. Os preços não são os mais baratos do Canadá, mas com toda a economia que será feita nas outras refeições, dá para investir nessa típica delícia canadense.

 

Jantar – Itália, China, Vietnã, México, Grécia, Tailândia... O mundo se apresenta na gastronomia da cidade. Reserve a hora do jantar para confraternizar, comer bem e economizar em Vancouver.

Entradinhas por CAD$ 2,00, pratos a CAD$ 10,00 ou menos no The Patty Shop. Na mesma linha estão esses outros exemplares de restaurantes mexicanos em Vancouver: Tacofino, Salsa And Agave, Las Margaritas, Sal Y Limon e La Casita.

As massas, ou pastas, são consideradas confort food em muitos países do mundo e em Vancouver a oportunidade de provar sabores inesquecíveis é imperdível.

Seguindo as dicas de pratos a menos de CAD$ 10,00: IK2GO, Sciué, Raviolino, Semolina Pasta. A maioria com massas frescas.

O limite é CAD$ 5,00: Kam Wai Dim Sum, Pink Elephant Thai, The Indian Oven e muitas outras opções na seleção do site Chow Me Now.

Encare essa dica como um brinde. É difícil não gostar de churrasco e os de paladar mais aventureiro provarão de porcos a cordeiros com toque do Oriente Médio, Japão, Estados Unidos... Os preços, claro, são camaradas no Memphis Blues Barbecue House, Yakinikuya Japanese BBQ, Back Forty e Mangal Kiss Mideast BBQ, por exemplo.

Prepare sua lista e vá tranquilo para o Canadá, sabendo onde comer em Vancouver pagando bem menos sem deixar de apreciar uma das coisas que a cidade tem de melhor: a diversidade.

Com essas dicas dá até para esticar a viagem só para conseguir provar tudo o que colocamos nesse texto. Está aí mais uma vantagem de passar férias no Canadá. O visto de turista canadense dá direito a múltiplas entradas e tem a validade de 24 semanas, sendo possível inclusive fazer intercâmbio para estudar inglês ou francês no país com esse mesmo visto.

Agora é só dar andamento no processo do visto para o Canadá, arrumar as malas e se preparar para comer em uma das cidades de melhor gastronomia do país.

 

Tem outras dicas de onde comer em Vancouver gastando pouco? Compartilhe conosco!

 

Autor: Alexandre Luis Pedrosa – Sabe tudo sobre o Canadá.

Quer ajuda? Escreva direto para o autor: alexandre@vistoparaocanada.com.br

 


Alexandre Luis Pedrosa

sobre Alexandre Luis Pedrosa

Já viajou pelo Canadá de ponta a ponta. Sabe tudo sobre o Canadá. Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos, imigração e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Escritor de contos e do E-book "99 atividades e atrações grátis para fazer no Canadá". Um eterno apaixonado pelo Canadá.


Escreva para nós aqui >

8 thoughts on “Especial para comilões: Onde comer em Vancouver pagando pouco?