Imigrar para o Canadá com filhos: o que você precisa saber para fazer seu planejamento 56


O tipo de visto canadense, creche, escola… Quem pretende imigrar para o Canadá com filhos precisa estar atento a todos esses detalhes.

Seja para um período de intercâmbio familiar, férias ou mesmo nos planos de imigrar para o Canadá, embarcar os filhos na aventura de conhecer outro país tão diferente do Brasil requer cuidados e estratégias para evitar problemas. Pensar em imigrar para o Canadá com filhos conta com facilitadores como de ter serviços públicos que funcionam muito bem e a qualidade de vida do segundo melhor país do mundo, levam muitos brasileiros a querer imigrar para o país com a família. Mas como funciona esse processo? O que os pais precisam saber para levar os filhos para o Canadá?

Qual visto canadense aplicar para as crianças?

Quem vai fazer intercâmbio no Canadá com visto de estudo para um college, universidade ou cursos de pós para depois aplicar no Express Entry, ou programa provincial, para imigrar para o Canadá com filhos é indicado providenciar o visto canadense de turismo, o mesmo visto de visitante. Essa criança terá direito ao acesso à educação pública na idade escolar, que no Canadá é a partir dos 5 anos e para a província de Ontário 4 anos. Abaixo dessa idade, os pais podem investir em um day care ou nas community centre, ou mesmo revezar nos cuidados com os filhos.

Para quem vai aplicar para residência permanente o trâmite é o mesmo, mas quando a intenção é proporcionar uma experiência de intercâmbio para crianças ou jovens no Canadá, aconselha-se o visto canadense de estudante.

Tem creche no Canadá para as crianças pequenas?

Os modelos de creche existentes no Canadá são basicamente dois: a pública e a particular, da mesma forma que acontece no Brasil. Independente do nome que se dê nas diferentes províncias, para manter as crianças nesses locais é necessário um investimento financeiro.

Nas creches públicas do Quebéc, chamadas CPE (Centre de la petite enfance), por exemplo, após enfrentar o período de espera que pode ultrapassar os dois anos, os pais precisam estar preparados para remanejar o orçamento para a contribuição de, pelo menos, CAD$ 7 diários, ou para um custo que varia entre  CAD$ 20 e CAD$ 35 por dia nas creches particulares.

Em Toronto o serviço é bem mais salgado, podendo ultrapassar os CAD$ 1.200 mensais. Vale mencionar que há possibilidade de reembolso por parte do Governo da província, em Quebec, por exemplo, essa política é mais facilitada.  Para os residentes permanentes que optarem pelo particular, o benefício pode chegar os 50%. Vale pesquisar as regras para esse subsídio relacionadas a tempo de emprego ou ocupação profissional, salários, se é válido para profissionais autônomos e outros detalhes do perfil de quem deseja imigrar para o Canadá com filhos.

Existem creches ou pre school em províncias inglesas, como BC, por exemplo, que tem modelos part time, full time ou com poucas horas de permanência por dia. Os valores variam entre CAD$ 400 e CAD$ 1.300 mensais.

Resta a possibilidade de aderir a um “meio familiar”, serviço parecido com os cuidadores domésticos do Brasil. As crianças ficam em uma casa de família supervisionada pelo governo e a taxa é semelhante a uma CPE.

As diferenças culturais entre Brasil e Canadá tornam a vida de mães e pais mais corrida na maioria dos casos. O trabalho de babás e empregados domésticos é muito caro e usado em ocasiões realmente necessárias e especiais. O comum são pais se revezando para cuidar dos filhos e buscando atividades que promovem interação com outras crianças. Um exemplo disso são as playdate (encontros para brincadeiras), as áreas dedicadas para os pequenos nas bibliotecas, nos centros comunitários, os clubes e parques…

O casal que pretende imigrar para o Canadá com filhos pequenos precisa ter em mente que a parceria deve ser prioridade. Esse comportamento faz parte da cultura canadense e, afinal, se um dos cônjuges entrar com um Open Work Permity vai precisar de tempo para buscar uma oportunidade de emprego no Canadá.

Escola pública ou privada no Canadá quando imigrar para o Canadá com filhos?

Esse assunto rende dezenas de dúvidas em brasileiros que pretendem imigrar para o Canadá com filhos. A fama da qualidade de ensino canadense gera segurança, mas na hora de decidir entre escola pública ou particular o fantasma dos problemas enfrentados pelo ensino brasileiro começam a assombrar.

Para as crianças pequenas em idade escolar para ingressar no Elementary, o equivalente ao Ensino Fundamental, o conteúdo programático é muito semelhante entre escolas públicas e particulares. As diferenças passam a ser evidenciadas no High School e não só entre o ensino brasileiro e canadense, mas inclusive entre as escolas públicas e particulares. Na escola pública, por exemplo, é pratica comum o aluno escolher as matérias não obrigatórias de acordo com a afinidade com a carreira pretendida. Para saber mais sobre o High School leia o Quando é vantajoso fazer o High School no Canadá? Um programa de intercâmbio que vem caindo nas graças dos brasileiros, que fizemos sobre isso.

O Canadá mantém políticas sociais que ajudam imigrantes e canadenses com médios e baixos salários. Em relação ao ensino, o subsídio mencionado para as creches e pré-escola no Canadá vale para o high school em muitas províncias. Nas pesquisas sobre a província e a melhor cidade para imigrar para o Canadá com filhos vale filtrar as opções pela localização da escola para as crianças, pois o endereço da residência é que determina onde o aluno vai ingressar.

A fase de adaptação de uma criança à nova rotina, com novo idioma e novos amigos assusta mais aos pais que aos pequenos que acabam absorvendo com certa facilidade as novidades, inclusive o idioma. Grande parte desses pais estabelece a regra de continuar falando o português dentro de casa, enquanto as crianças são alfabetizadas em inglês ou francês.

Na bagagem de conhecimento que enriquecerá a formação das crianças no Canadá vai além do idioma e de questões acadêmicas. A convivência com várias culturas vindas de imigrantes de todas as partes do mundo, as chances de uma vida mais justa e qualidade de vida canadense mundialmente reconhecida são heranças que farão toda a diferença na formação de um cidadão do mundo.

 

Você deseja saber mais sobre imigração?  

 

 

Autor: Alexandre Luis Pedrosa – Sabe tudo sobre Visto para o Canadá, Como imigrar para o Canadá e Estudar no Canadá. Não tenha vergonha e Pergunte >>>

Quer ajuda? Escreva direto para o autor: alexandre@vistoparaocanada.com.br


Alexandre Luis Pedrosa

Sobre Alexandre Luis Pedrosa

Já viajou pelo Canadá de ponta a ponta. Sabe tudo sobre o Canadá. Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos, imigração e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Escritor de contos e do E-book "99 atividades e atrações grátis para fazer no Canadá". Um eterno apaixonado pelo Canadá.


Escreva para nós aqui >

56 pensamentos em “Imigrar para o Canadá com filhos: o que você precisa saber para fazer seu planejamento

  • Christiane

    Olá, Alexandre! Gostei muito da matéria e estou com uma dúvida:
    Gostaria de imigrar permanentemente com minha filha para o Canadá, porém penso levá- la depois que eu conhecer o local a estrutura de lá.
    Assim, qual o tipo de visto que eu teria que tirar? e para ela?

  • Juliana

    Ola Alexandre,
    Sou International Student na Sheridan College em Mississauga-ON. Meu Student Permit esta valido ate o final do ano letivo 2018. Depois aplico para o PGWP. Tenho um filho de 16 anos que hoje faz High School em South Dakota. Quero traze-lo para terminar o colegial aqui 2017/2018. Meu filho ja tem um Visitor Visa Canadense valido ate 2023. Estou em duvida com relacao a qual orgao contatar. Consulado do Canada no Brasil? CIC? Pode entrar em contato comigo por email? Acho que vou precisar dos seus servicos. Obrigada!!