O que você precisa saber antes de ir estudar no Canadá ?


Recebemos muitas perguntas sobre como é a vida de quem quer estudar no Canadá e fazer cursos mais longos em colleges e universidades. Resolvemos falar de algumas coisas que você precisa saber antes de ir estudar no país para não estranhar muito ou ser pego de surpresa no dia a dia nesse novo país.

Antes de qualquer coisa, tenha claros seus objetivos ao optar em estudar no Canadá. É importante sim escolher bem a cidade e a instituição, mas se seus planos futuros têm a ver com imigrar para o Canadá ou mesmo trabalhar no país por um período maior de tempo, o tipo de programa de estudo escolhido interferirá no processo de imigração pela nova Lei de Cidadania, conforme falamos em outro post.

Por que estudar no Canadá?

Atualmente, o Canadá está entre os países mais procurados por estudantes estrangeiros em busca de ensino de qualidade, oportunidade de colocação profissional, qualidade de vida, gastos menores pelo dólar canadense e programas de imigração mais receptivos. Entre todas as vantagens em estudar no Canadá, destacam-se os programas de trabalho e estudo, que são portas abertas também para tentar uma futura imigração e, para os que não pensam nisso, ganhar o dinheiro que vai garantir uma vida menos “apertada” financeiramente durante o intercâmbio.

Visto de estudante no Canadá

Importante lembrar que a duração do visto canadense para quem vai estudar está ligado ao programa de estudo que o candidato vai aplicar. Por exemplo, para estudar apenas idiomas – que não é permitido o trabalho durante esse intercâmbio – provavelmente receberá o visto de residente temporário, que é o mesmo visto de turismo, com duração de até 24 semanas, ou o tempo exato do curso; quem vai para o college ou universidade tem o visto de permissão de estudos com validade na duração do curso, mas com a permissão para trabalhar 20hs semanais durante o ano letivo, ou 40hs semanais no período de férias.

Estudar no Canadá

Se a intenção for ficar mais tempo para estudar no Canadá e fazer uma extensão que chamamos de pós-graduação, uma opção é o aluno aplicar para o Post-Graduation Work Permit, que tem a validade mínima de 8 meses e máxima de três anos, sempre de acordo com o tempo de duração do curso. Mais uma vez é hora de planejar! O Post-Graduation Work Permit só pode ser aplicado uma vez na vida, se seu curso dura oito meses, você terá esse período para conseguir um emprego. Avalie se vale a pena estudar mais de um ano e garantir mais tempo para conquistar a vaga de trabalho.

Se você ainda tem dúvidas sobre os vistos canadenses, entre em contato conosco!

Como funciona o ano letivo no Canadá

Agora que já sabe quais os passos para os vistos e permissões que garantirão o cumprimento da sua meta de estudar no Canadá é hora de saber um pouco sobre o ano letivo e diferenças da universidade canadense para já ir se preparando com o ritmo de estudo gringo.

Duração das férias - Dependendo do curso que escolher e das matérias que precisar cursar, as férias podem durar 4 meses. Bem diferente do Brasil, não é mesmo?

Justamente esse detalhe pode mudar o rendimento do aluno brasileiro na universidade se ele não tiver foco no intercâmbio. A contrapartida, vem no aproveitamento dos conteúdos ministrados nos períodos da Universidade.

Duração do período letivo na universidade – O nosso longo e sacrificado semestre vai ser esquecido no Canadá. Os períodos por lá são chamados de term e duram 4 meses. Períodos menores, mas com uma carga de estudos bem puxada. É bom salientar;

Então fica assim:

Setembro – início das aulas. É o Fall term. A maioria das universidades começa o ano letivo nesse mês;

Dezembro – na segunda semana do mês existe um recesso para as festas de final de ano. É dado o fim do seu primeiro term;

Janeiro – no início do mês começa seu segundo term, chamado de Winter term, que acontece em pleno inverno canadense.

Maio – Summer term, que é o período do ano onde normalmente acontecem as férias.

Mesmo com períodos menores que no Brasil, as universidades canadenses têm um pequeno recesso chamado Reading week, uma espécie de “semana do saco cheio”, como conhecemos aqui no Brasil. Esses dias são bons para uma pausa no ritmo denso dos estudos, ou para quem precisar de um gás nas leituras e revisão das matérias;

Conteúdo programado – Através do Syllabus o aluno tem conhecimento do conteúdo programático daquela disciplina a cursar na universidade. Essa é uma tratativa levada a sério nas universidades canadenses. Logo, mudanças no decorrer do período, deslizes do aluno e qualquer alteração que interfira na rotina da turma, devem ser em concordância com a sala inteira;

E que tem de importante no Syllabus?

Coisas como as datas das Midterms (as provas no meio do período), das Finally exames (exames finais), dos Assignments (os trabalhos durante o período) são assuntos que estão no syllabus.

O que fazer nas férias de verão do seu intercâmbio no Canadá sendo um estrangeiro com apenas uma permissão de estudos em mãos? 

Será comum ver os canadenses da turma articulando um Summer job (trabalhos de verão) para conseguir um dinheiro que custeie coisas como parte da tuition fee (o valor do curso) ou outras contas.

O brasileiro com residência temporária pode também conseguir trabalhar nesse período durante 40 horas semanais em trabalhos que têm ou não ligação com sua área de estudo. Se sua pretensão é trabalhar durante todo o curso, a permissão é apenas por 20hs , ainda que muitos estudantes não deem conta de se dividir entre o trabalho e a rotina puxada de estudos na universidade.

Planeje bem as viagens e não se esqueça dos vistos

A fronteira com os Estados Unidos é tentadora para quem ama fazer compras, melhor ainda se estiver em férias sem dia e hora marcadas para voltar. Não é assim para todos.

Quem vai estudar no Canadá com um controle financeiro para que as compras, passeios e viagens não estourem o orçamento precisa ter atenção em alguns detalhes importantíssimos.

Só é permitido trazer compras dos Estados Unidos após certo tempo no país, que normalmente ultrapassa às 24hs com valores pré-definidos (24h – $200, 48h – $800; 7 dias – $800). Então esteja preparado para despesas adicionais com hospedagem e alimentação.

Você precisará ter o visto americano. Então se está preparando seu intercâmbio no Canadá e pretende ir aos EUA, aproveite para solicitar o visto americano e garantir suas entradas no país.

O mesmo é indicado para quem está disposto a fazer um Field Trip, um tipo de curso de férias organizado por algumas universidades de acordo com o curso oferecido. Essas viagens podem ser dentro ou fora do Canadá. Por isso é conveniente entrar em contato com a universidade para saber qual visto é necessário ter em dia.

Em tempo, confira a data de validade do seu passaporte entes de solicitar o visto canadense, principalmente se for solicitar o visto sozinho pela internet.

Se tiver mais dúvidas sobre os vistos que vai precisar para sua viagem ao Canadá, entre em contato conosco... Será um prazer atendê-lo!!!!

 

Quer Saber Mais?

 - Visto de Residente Temporário - Para cursos de até 24 semanas

- Visto de Estudante / Permissão de Estudos - Para cursos ACIMA de 24 semanas, Colleges, Universidades, etc.

 

Autor: Alexandre Luis Pedrosa – Especializado em Sistema Educacional Canadense.

Quer ajuda? Escreva direto para o autor: alexandre@vistoparaocanada.com.br

 


Alexandre Luis Pedrosa

Sobre Alexandre Luis Pedrosa

Já viajou pelo Canadá de ponta a ponta. Sabe tudo sobre o Canadá. Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos, imigração e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Escritor de contos e do E-book "99 atividades e atrações grátis para fazer no Canadá". Um eterno apaixonado pelo Canadá.

Escreva para nós aqui >