Como tirar visto canadense

Como tirar visto canadense


Ter a passagem aérea em mãos? Quais os documentos necessários? Demora muito? Estas e outras dúvidas permeiam a cabeça de todo mundo na hora de solicitar o visto para viajar, e é isso que vamos apresentar neste post e mostrar que não é nenhum bicho de sete cabeças.

Viajar é sempre bom, mas antes de sair por aí comprando passagem, reservando hotel é preciso estar atento a toda documentação exigida. No caso do Canadá, em qualquer tipo de viagem, até mesmo no caso de trânsito pelo país, o visto canadense é exigido.

Apesar de não ter a tão temida entrevista, como no caso dos Estados Unidos, o processo para tirar o visto para o Canadá também é um tanto quanto exigente.

Primeiramente é preciso atenção quanto ao prazo. O ideal é dar entrada nos procedimentos (online ou pessoalmente) com no mínimo seis semanas antes da viagem. Além disso, é exigido uma variedade de documentos para comprovar que você tem condições de se manter enquanto estiver no país, assim como que você pretende voltar para o seu país de origem no fim da viagem.

Diferentemente do visto americano, o visto canadense nem sempre tem longa validade, já que ele não pode ultrapassar a do passaporte, ou seja, você não levará a autorização para o novo documento. Por isso é importante estar certo que o seu passaporte ainda estará válido até a volta da sua viagem.

Agora que os passaportes brasileiros terão validade de 10 anos, é possível que os vistos para turista ou estudantes (no caso de cursos com mais de seis meses) sejam válidos por mais tempo, mas isso vai depender de caso a caso e será avaliado pelo consulado.

Quer saber mais o que fazemos e como tirar visto canadense com a gente? Clique Aqui!

Cada tipo de visto tem documentos específicos, e não tente em hipótese alguma enganar o consulado sobre o real objetivo da sua viagem. Caso isso ocorra e eles descubram é bem provável que as portas do país dificilmente se abrirão novamente para você.

Documentos necessários para tirar o visto para o Canadá

Em resumo, alguns documentos são básicos:

  • 1. Passaporte – Este documento é primordial. É preciso estar atento à validade do documento. Já que o visto canadense tem validade máxima de acordo com a do seu passaporte;
  • 2. Formulários – Os formulários referentes à sua viagem devem ser preenchidos com informações verdadeiras e em francês ou inglês, que são os idiomas oficiais do país
  • 3. Taxa consular – É necessário o pagamento da taxa referente à solicitação de visto. É importante prestar bastante atenção para efetuar o pagamento da taxa correta. Há uma taxa de reconhecimento biométrico. É importante ressaltar que por enquanto ainda não é exigido isto dos brasileiros, então não precisa pagar esta taxa.
  • 4. Visto para estudar – Além dos documentos acima é necessário uma carta de aceitação da escola;
  • 5. Visto para trânsito – No caso destes vistos, você terá que fornecer informações detalhadas do itinerário da sua viagem.
  • 6. Visto de trabalho – É necessária uma carta do seu empregador no Canadá com dados sobre a vaga; uma cópia do Labour Market Opinion (LBO) que é fornecido pelo departamento de desenvolvimento social e emprego canadense (Employment and Social Development Canada – ESDC), se aplicado; E uma carta de indicação emitida pela província ou território onde você irá atuar.

Documentos que comprovam o vínculo com o país de origem

Em caso de vistos para turista no Canadá (residente temporário) ou de Estudos (mais de 6 meses) é preciso comprovar que você tenha condições de se manter no país enquanto estiver por lá. Para tanto o consulado exige alguns documentos, entre eles:

  • 1. Cópia da última declaração do Imposto de Renda;
  • 2. Cópias de extratos bancários (últimos 3 meses);
  • 3. Caso a sua viagem esteja sendo financiada por alguém (pai, mãe, cônjuge, empregador, etc.) É preciso que apresente documentação que comprove que eles possuem condições de pagar a sua viagem, como: extratos bancários, carta da empresa que vai pagar pela sua viagem, comprovante que está empregado, etc.

Além disso, também é interessante reunir documentos que comprovem o seu vínculo com o Brasil, ou seja, que irá voltar pra cá, após a viagem terminar, como:

  • Investimentos no Brasil (poupança, previdência privada);
  • Bens (imóveis, terrenos, carro);
  • Filhos, cônjuge;
  • Carta do empregador ou carteira de trabalho, etc.

Afinal, o que mais falta para eu saber Como tirar visto canadense?

Após entregar todos os documentos e as comprovações das devidas taxas quitadas, basta aguardar o contato do consulado que aprovará ou não a sua solicitação para o visto canadense.

Não é necessário já estar com a passagem aérea comprada. Inclusive isto não é recomendado, porque o fato de ter a passagem ou o pacote de viagem não é nenhuma garantia de que o visto será aprovado, e você poderá perder dinheiro caso queira cancelar a viagem.

Se você ainda tem dúvidas, ou deseja fazer o processo por meio de uma empresa de documentações, entre em contato conosco. Agora que você já tem todas as dicas de como tirar o visto para o Canadá, prepare-se e boa viagem.

Quer saber mais o que fazemos e como tirar o visto com a gente? Clique Aqui!

Autor: Alexandre Luis Pedrosa – Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Um eterno apaixonado pelo Canadá.


Alexandre Luis Pedrosa

sobre Alexandre Luis Pedrosa

Já viajou pelo Canadá de ponta a ponta. Sabe tudo sobre o Canadá. Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos, imigração e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Escritor de contos e do E-book "99 atividades e atrações grátis para fazer no Canadá". Um eterno apaixonado pelo Canadá.

Escreva para nós aqui >