Canadá para brasileiros, se quer imigrar veja o que considerar a partir de 2017 2


Com as eleições nos EUA, ofertas de emprego e o visto simplificado mostra que o Canadá para brasileiros é uma opção cada vez mais vista para quem quer viver no país

O ano de 2017 já começou com mudanças em cenários que há tempos não eram repensados tão seriamente para quem desejava imigrar para um país de primeiro e o Canadá para brasileiros tem sido cada vez mais procurado.

A imigração para os Estados Unidos vista durante muito tempo como a melhor opção para quem buscava ganhos superiores em trabalhos desvalorizados no Brasil perdeu espaço para o desejo de imigrar para o Canadá e ser recepcionado por uma política mais cordial com estrangeiros (vide o processo de visto canadense), elevada qualidade de vida, estabilidade financeira, escolas qualificadas e outras vantagens.

Morar, trabalhar e estudar no país já deixou de ser sonho para muitos para virar uma realidade possível a custa de um planejamento detalhado e muito preparo pessoal.

Quer conhecer o Canadá em fotos ?

Canadá para brasileiros virou “coisa de profissional”. O investimento em estratégias assertivas, educação, currículo e gerenciamento da vida financeira em nada lembram a debandada de brasileiros entrando ilegalmente nos Estados Unidos a partir dos anos 80. O país quer gente qualificada e em troca acumula motivos que fazem os brasileiros não pensarem em voltar para o Brasil. Entre os mais populares estão segurança, educação, serviços públicos e emprego, entre outros.

 

Canadá para Brasileiros, por que será que os brasileiros querem tanto imigrar para o Canadá?

Aqui no portal Visto para o Canadá, já listamos uma série de textos que mostram a realidade do Canadá para brasileiros, como, tanto as coisas boas, como as que podem causar certa estranheza, conforme os listados abaixo para você que quer recordar.

10 motivos para morar no Canadá e não pensar em voltar para o Brasil

9 motivos que fazem os brasileiros desistir de morar no Canadá

 

Alguns dados sobre o Canadá

Coincidência, ou não, recentemente a Bloomberg noticiou dados que descrevem um cenário auspicioso mostrando melhores salários e mais vagas de emprego no Canadá. Segundo divulgado, a boa fase vem ainda do ano passado e se firma com números positivos já este ano, com 46.100 empregados em dezembro e 48.300 novos trabalhadores em janeiro. E tem mais. Com taxas de desemprego em queda, ainda que timidamente, salários médios 1% mais altos e menos horas de trabalho, parece que trabalhar no Canadá está ficando ainda mais atraente, embora os números não representem alta positividade no cenário macro econômico do país.

Canadá para Brasileiros

Crescimento das Cidades Canadenses

A maré boa não é uma sensação, ao contrário. O Census divulgado recentemente (2016) aponta que o Canadá foi o país que mais cresceu no G7, com 1,7 milhões de pessoas a mais em comparação com 2011. O fator impulsionador disso é a imigração, muito defendida pelo Governo do Canadá, que tem trabalhado fortemente em políticas e sistemas para alavancar a entrada de pessoas altamente qualificadas no país, vide o Express Entry e a receptividade com refugiados.

O aumento da população graças à entrada de estrangeiros parece inevitável, e isso está sendo mapeado e estimado pelo Statistics Canada. Os números sugerem que o crescimento natural, alimentado pela fertilidade, irá diminuir nos próximos anos, graças ao envelhecimento da população e uma taxa de natalidade em declínio, menor que 1%, o que torna a migração a principal fonte de crescimento até 2056. O Governo aponta para um salto dos níveis de imigração dos atuais 260.000  para 450.000, para que haja trabalhadores suficientes no país e o aceleramento da economia.

 

Cidades para morar no Canadá

O Census mostra ainda as mudanças quanto ao crescimento demográfico das províncias, regiões e cidades canadenses nos últimos anos. Esse fator demonstra aos aspirantes a imigrar como a forma de morar no Canadá tem mudado ao longo do tempo e que as consideradas melhores cidades para morar no Canadá podem já não ser opções de escolha para os que imigrarão no futuro.

Toronto, Montreal e Vancouver concentram 1/3 da população canadense atualmente, mas são as áreas fora de regiões metropolitanas de referência que veem o crescimento acelerado da população, tornando-se uma preocupação em algumas pequenas cidades. Logo, a valorização dos aluguéis em cidades famosas obriga muitos estrangeiros a alterar esse sonho de se instalar em endereços cobiçados para morar em imóveis mais antigos em regiões afastadas do centro e que estão se adaptando para oferecer a qualidade de vida que virou insumo canadense.

Ao mesmo tempo em que o crescimento populacional transforma cidades que até pouco tempo atrás eram vistas como rurais, as grandes metrópoles continuam apontando para o desenvolvimento em serviços, em tecnologia e indústria. Um movimento que claramente aqueceu o mercado de trabalho nessas cidades e deu força a uma realidade bem conhecida de muitos brasileiros que vivem em metrópoles, morar longe do trabalho.

Esse cenário aplicado a cidades antes menos interessantes aponta que o crescimento populacional acelerou em Manitoba, um aumento de 5,8 %. Na região oeste canadense, Calgary lidera (14,6%), seguida por Edmonton (13,9%), Saskatoon (12,5%) e Regina (11,8 %).

Essas mudanças são sensíveis para o Governo, mas na individualidade pode determinar uma frustração das expectativas quando a vida real acontece. Por isso, é sempre valido avaliar os motivos que estão te fazendo querer ir embora do Brasil e, consequentemente, o que pode te fazer querer voltar. No caso do Canadá para brasileiros, fatores como frio intenso, um planejamento financeiro falho, a demora para arrumar emprego são algumas situações causadoras de perda de foco.

Mas também já falamos sobre isso por aqui no texto: Quer imigrar para o Canadá ou ir embora do Brasil? Esteja preparado para enfrentar o lado B de morar no país

 

Donald Trump nos EUA e Canadá para Brasileiros: um ponto chave

Some tudo isso a eleição de Donald Trump e seu discurso que promete ações incisivas quanto à imigração e mesmo a estrangeiros (principalmente latinos) e estime você mesmo os impactos disso no seu plano de imigrar para o Canadá.

O jornal A Folha de S. Paulo publicou uma matéria  e o site BBC em janeiro passado onde aborda a mudança de foco dos brasileiros que estão mirando o Canadá para imigrar (arriscamos até dizer para férias, por conta do processo mais objetivo para o visto canadense). A matéria contou com depoimentos e com a participação da Visto Para o Canadá, na pessoa de Alexandre Luis Pedrosa que declarou um claro aumento na procura de formas para se mudar para o Canadá, inclusive usando a estratégia de entrar com visto canadense de estudante e “fazer sua história” no país até conquistar a residência permanente.

Com esse desejo de imigrar para o Canadá cada vez mais comum, cresce também a necessidade de se destacar em meio a multidão, por isso, para ajudar sugerimos que:

Tenha mais que um plano B – Se seu foco é conseguir um emprego no Canadá trace caminhos alternativos até conquistar seu objetivo. Avalie ingressar em um curso de especialização para dar um up grade no currículo enquanto aproveita para fazer network;

Jamais deixe de estudar inglês – O diploma que aponta fluência no idioma dá segurança para muita gente. Embora, a maioria pratique as leituras e conversações regularmente, é sempre aconselhável buscar desafios como oferecer aulas online, participar de redes sociais para diálogos espontâneos e treinar os ouvidos para outros sotaques, sempre lembrando que o Canadá é repleto de estrangeiros de todas as partes do mundo;

Aplique para o Express Entry, mas atente-se as províncias – Os processos de imigração provinciais são alternativos àqueles que apresentam qualificações que nem sempre pontuam bem no Express Entry. Normalmente as províncias buscam trabalhadores para determinadas áreas e que tenham interesse genuíno em estabelecer sua vida e se desenvolver em benefício do crescimento regional;

Estude no Brasil, mas prefira se formar no Canadá – A imigração por estudo é um caminho muito interessante em vários aspectos. O investimento em estudar no Canadá é alto, mas os retornos são muito positivos em comparação com o processo de validação de diploma e, claro, o componente de trabalho com o visto canadense de estudante.

Seguindo essas dicas e com todas essas informações fica claro perceber que o Canadá para brasileiros é uma opção cada vez mais a ser considerada para quem pretende estabelecer uma vida digna em outro país, mas lembre-se faça tudo dentro da legislação, não tente permanecer no país como um imigrante ilegal, porque isso poderá fechar algumas portas para sempre.

Visite o Canadá – Antes de se passar um tempo por lá ou até mesmo morar e dar o passo para viver como imigrante, que tal visitar? Veja como solicitar o visto com a melhor assessoria.

 

 

Autor: Alexandre Luis Pedrosa – Sabe Tudo sobre o Canadá. Com certeza poderá te ajudar.

Escreva direto para o autor: alexandre@vistoparaocanada.com.br


Alexandre Luis Pedrosa

Sobre Alexandre Luis Pedrosa

Já viajou pelo Canadá de ponta a ponta. Sabe tudo sobre o Canadá. Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos, imigração e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Escritor de contos e do E-book "99 atividades e atrações grátis para fazer no Canadá". Um eterno apaixonado pelo Canadá.


Escreva para nós aqui >

2 pensamentos em “Canadá para brasileiros, se quer imigrar veja o que considerar a partir de 2017