9 super dicas de como economizar no Québec 2


Ah, o Québec! Com suas belas paisagens, montanhas, o jeitinho europeu, seu ar romântico, quem nunca sonhou com isso, não é mesmo? Afinal, estar no exterior, atualizar as redes sociais com fotos lindas e descoladas, fazer amigos gringos e aprender outra língua é sinônimo de felicidade e ostentação para quem ama viajar e com algumas dicas de como economizar no Québec é possível deixar a experiência ainda mais prazerosa.

Entretanto, adaptar o orçamento a lugares onde o custo de vida é mais caro não é lá muito fácil comparado à comodidade de estar perto de casa, no seu país, de correr para onde possam te acolher e dar aquele help, de poder deitar na sua cama quentinha e acordar na sua zona de conforto.  Viajar é desbravar o que antes era visto pela tela do celular ou computador. É realmente empolgante conhecer um país tão incrível como o Canadá e estar em Québec, o pedaço mais francês das américas. Aí também mora o perigo de gastar além da conta nas comprinhas, restaurantes e nos passeios por essa província tão sedutora. Com o dólar nas alturas, a necessidade de planejar o antes, durante e depois da viagem é a lição de casa para quem não pode brincar com o dinheiro.

Mas pode acreditar, mesmo assim, vale a pena!

Passar uma temporada em outro país pode ser difícil e nem tão favorável ao seu bolso quanto imagina, mas com toda certeza será a melhor experiência da sua vida e você terá ótimas lembranças para mostrar para os netinhos. Québec é uma província com cidades que remontam muito da história canadense e isso se vê por toda parte.

Na cidade de Québec, as escolas de francês recebem milhares de estrangeiros todos os anos, pois ela é conhecida como o berço da língua francesa na América do Norte.  A arquitetura lembra as cidadezinhas francesas, com muitos muros, casas, verde, lojas de tijolinhos e janelas que marcam as ruas mais frequentadas. As características europeias são marcas nítidas por lá.

Quem viaja a turismo seja para curtir as férias no exterior ou apenas passar poucos dias fora, os gastos podem sair do controle nas despesas pagas com cartão de crédito, meio prático de pagamento que evita, inclusive, muitas visitas às casas de câmbio, mas tem cobrança em dólar americano que pode causar sustos no total da fatura. O dólar canadense é sim mais barato, mas é conveniente ter cuidado para não se empolgar com isso. Gastos fixos, como alimentação, hospedagem e as amadas compras podem ser mais leves no orçamento.

Dicas indispensáveis para economizar no Québec

 

Como economizar no Québec

Poutine

1 - Coma bem sem pagar mais caro - A comida fala muito sobre o destino que estamos visitando. Comer nos melhores restaurantes de Québec e conhecer lugares comandados por chefs badalados são coisas que enriquecem a viagem e, em contrapartida, aumentam os gastos. Pesquise os preços para o almoço e para o jantar, certamente encontrará vantagens em trocar o jantar pelo almoço em alguns restaurantes. Os fast foods, que são mais em conta, podem ficar para o jantar ou para matar aquela fominha;

 

2 - Aposte nas outlets em Québec - Famosas em todo o mundo, os outlets não poderiam ficar de fora dessas dicas de como economizar em Québec.

Redes como Outlet Premium e Tanger Outlet estão na região oferecendo marcas mundialmente famosas com descontos que podem chegar a 35% ou mais – principalmente nas trocas de estação. Não é difícil encontrar lojas Arbercrombie & Fich, Adidas, Armani, Banana Republic, Bare Minerals, Nike, Calvin Klein e Tommy nas outlets do Quebec.

Lembrando que promoção no Canadá é sinônimo de preço realmente baixo. Se estiver no Canadá e souber da liquidação da Target tenha a certeza de que vá encontrar descontos incríveis. A Winners é uma loja que revende ponta de estoque de marcas como Calvin Klein que vem de outras lojas a preços absurdamente baixos.

Aproveite para explorar a fama dos estilistas locais, pesquisar preços e pagar menos. Québec e Montreal são grandes produtoras de moda.

 

3- Usar transporte público e serviços como o AlloStop para viagens curtas - A qualidade e o bom funcionamento do transporte público no Canadá são mundialmente conhecidos. A garantia de um serviço que funciona a preço justo chama atenção de turistas que vivem uma realidade como a brasileira.

Dependendo da duração da viagem, a compra do bilhete mensal pode valer a pena, e para viagens onde os preços de passagens e bilhetes de trem podem assustar e prejudicar o orçamento geral da viagem, vale considerar serviços de carona como o AlloStop que apresenta valores reduzidos para transportar pequenos grupos. Isso vai garantir a ida de Quebec City até Montreal por um valor camarada.

 

4 - Explore a cidade a pé - Escolher a província de Québec como destino é ter o enorme prazer de sentir o clima e conhecer a história a cada passo dado. A região de , em Quebec City, por exemplo, é pequena e preserva os traços franceses graças ao vigor das lutas que resultaram na rica história da formação do Canadá. Nos passeios a pé entende-se o estilo de vida quebecois e os ares europeus encantam os turistas.

A região de Vieux Québec é dividida em três partes:

  • Basse-Ville (cidade baixa): charmosa e rica nos detalhes, essa é a região mais antiga da cidade e fica na base das montanhas. É também chamada de Cap Diamant;
  • Haute-Ville (cidade alta): no alto da montanha estão dois dos mais conhecidos cartões postais da cidade: o Château Frontenac e a Citadelle;
  • Grande Alée: região fora das muralhas da cidade. 

5 - Aproveite e conheça Montreal - Com aproximadamente 3.8 milhões de habitantes, Montreal é a maior cidade francófona do Canadá e a segunda maior cidade do país depois de Toronto (5,5 milhões). A cidade é repleta de imigrantes e as opções de lazer são muitas e as chances de se divertir gastando pouco ou nada também.

O inverno não é triste em Montreal, as pistas de patinação são o point e nem todas são pagas, a do Estádio Olímpico tem invernos free, basta pesquisar que encontrará aproximadamente 10 opções de pistas para patinar de graça em Montreal.

 

6 - Aposte nos parques - Os parques públicos são bem estruturados e gratuitos em todas as estações, inclusive alguns também com pistas de patinação.

Em estações de temperaturas quentes o turista tem a oportunidade de partilhar dos hábitos dos moradores. As ruas ficam cheias, algumas são fechadas para carros e ganham a extensão das lojas pelas calçadas. Aproveite para aproveitar as promoções.

 

7 - O Museu de Belas Artes e a Grande Biblioteca têm programação cultural e de lazer aos finais de semana, muitas das atividades são de graça.

 

8 - Encontre os melhores hotéis em Québec com preço justo pela internet - Não é de hoje que a dica de economizar na hospedagem figura em listas de como gastar menos em viagens. E para economizar em Québec não seria diferente. Com o crescimento das ofertas de produtos e serviços feitas pela internet, a competitividade entre as empresas faz os preços de diárias baixarem e até hotéis bem requisitados entram na onda. 

Usar sites como Booking, Tripadvisor, entre outros para encontrar ótimos hotéis a preços incríveis e também informações turísticas com comentários dos viajantes já é um hábito para quem viaja regularmente;

 

9 - Procure e use cupons de descontos - Os cupons de desconto são ótimas alternativas para economizar no Canadá. O país preserva a cultura do uso dos cupons que estreitam o relacionamento com os clientes e fazem turistas felizes. Supermercados, bares, museus, lojas e mesmo os hotéis mantém parcerias comerciais entre si o que garante descontos em compras, consumo e ingressos.

Sites como smartcanuks, GoCoupons e P&G everiday garantem melhores preços em produtos e serviços que certamente fará render seus dólares.

Coloque essas dicas essenciais no seu plano de férias se a sua intenção for economizar dólares na viagem internacional. Por outro lado, cair na tentação é muito fácil, por isso anote para não esquecer as dicas do que não fazer em Québec:

  • Jantar fora toda noite;
  • Compras em lojas de grife sem antes pesquisar;
  • Comprar passeios e pequenas viagens para turistas no impulso;
  • Ir para balada toda noite;

Planejar a viagem internacional por pelo menos 6 meses dá a chance de conhecer sites e ter informações suficientes que te ajudarão a economizar na viagem ao Canadá. Com certeza essa essas são dicas de ouro: planeje e economize antes mesmo da viagem para evitar sustos com o câmbio e garantir os melhores momentos na província mais francesa do .

Se tiver mais algumas dicas de como economizar no Québec, com passeios baratos ou de graça e que valham à pena, compartilhe conosco!

 

Autor: Alexandre Luis Pedrosa – Sabe tudo sobre o Canadá.

Quer ajuda? Escreva direto para o autor: alexandre@vistoparaocanada.com.br


Alexandre Luis Pedrosa

Sobre Alexandre Luis Pedrosa

Já viajou pelo Canadá de ponta a ponta. Sabe tudo sobre o Canadá. Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos, imigração e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Escritor de contos e do E-book "99 atividades e atrações grátis para fazer no Canadá". Um eterno apaixonado pelo Canadá.


Escreva para nós aqui >

2 pensamentos em “9 super dicas de como economizar no Québec