O que fazer no Canadá de Graça

10 coisas para fazer no Canadá de graça (ou com menos de 10 dólares) 3


Para quem vai ao Canadá pela primeira vez, ou quem vai revisitar, são sempre válidas novas dicas para experiências que tornem a viagem única e, se possível, gastando pouco. As opções do que fazer no Canadá de graça são muitas, mesmo para turistas.

Separamos 10 coisas para fazer no Canadá bem legais e de graça ou gastando menos de 10 dólares em cidades famosas que fazem parte da maioria dos roteiros de viagem.

 

Espaços públicos no Canadá – É uma cultura do país proporcionar o bem estar da comunidade. Isso se reflete nas benfeitorias executadas pelas prefeituras, governos e províncias através dos impostos pagos pelos contribuintes, uma delas são os parques e espaços públicos canadenses.

Obviamente e lista é grande, mas não é difícil encontrar esses espaços nos bairros residenciais do Canadá. Playgrounds, salas para prática de esportes indoor, piscinas e aparelhos de ginástica fazem parte da infraestrutura de muitos desses locais.

Por que ir?

Além de se divertir com a família como os canadenses fazem. Esses parques são seguros, organizados e têm a maior parte das atrações gratuitas. Quando é necessário pagamento de taxa na entrada ou para acesso à piscina, o valor não ultrapassa os 10 dólares, muitas vezes bem menos que isso.

 

Bibliotecas públicas canadenses – Além de prédios de arquitetura marcante, as bibliotecas públicas no Canadá cumprem bem o compromisso do país com a educação e cultura do povo.

Via de regra, o acervo é farto, os espaços bem organizados, tem área específica para crianças, a entrada é gratuita, tem acesso a internet (em muitas apenas para estudantes e canadenses) e estão na maioria das províncias do Canadá.

Há bibliotecas públicas em Toronto, em Vancouver, Montreal, Quebec, Winnipeg, Hamilton, Calgary... Muitas bibliotecas centrais e filiais espalhadas pelas comunidades.

Por que visitar?

As bibliotecas são espaços inspiradores, de fácil acesso e muitas bem próximas a alguma universidade ou pontos turísticos da cidade, o que possibilita conhecer de perto outros prédios e, para os que pretendem estudar no Canadá, os arredores da instituição de ensino.

 

Festivais de verão – Vários espetáculos gratuitos. Em Montreal, por exemplo, apresentações de música francesa e jazz acontecem ao ar livre, ao longo da semana. Teatro, stand up comedy, dança... Muitas manifestações artísticas abertas ao público. Mesmo entre as atrações pagas, existem preços camaradas, vale pesquisar.

Por que visitar? Encontra-se atrações para a família inteira, em algumas delas, os expectadores são convidados a participar. As crianças adoram. Vale a pena procurar nos sites das cidades que pretende visitar no Canadá para ficar por dentro dos festivais de verão.

 

Explorar as cidades de bike – Estando em Vancouver, Toronto, Ottawa, Montreal, ou qualquer cidade canadense, o respeito ao ciclista realmente chama atenção, mesmo em cidades com poucas ciclovias. No caso de Ottawa, as ciclovias e ciclofaixas são muito organizadas e estão por toda a parte.

Em Toronto, por exemplo, é bem conhecido e frequentado o circuito da Lakeshore, onde é possível passear no Humber Bay Park, andar pela Humber Bridge (ponte exclusiva para pedestres e bikes), dar uma parada na Sunnyside Beach, aproveitar a sombra das árvores do Marylin Bell Park, apreciar a arquitetura do Ontario Place e se surpreender com as atrações em torno da Harbourfront, entre elas o Toronto Music Garden, Amstredam Bridge, HTO Park, Waterfront Trail.

Por que fazer?

A urbanização e a natureza convivem harmoniosamente em muitos momentos e acabam se tornando um convite a passeios caminhando ou de bike. Com a grande quantidade de parques e reservas naturais espalhados por todo o Canadá, não é difícil encontrar cenários inspiradores para explorar a região.

 

Ver Ottawa de cima da Peace Tower (Torre da Paz) – Normalmente, quem visita o Parlamento Canadense sobe na Peace Tower para ter a experiência de ver a capital do Canadá de cima. No alto da torre fica um relógio inspirado no Big Ben.

Por que visitar?

Ao chegar ao ponto de observação no alto da torre a vista dá direito ao visual deslumbrante de alguns pontos turísticos da cidade, entre eles, os rios Ottawa e Rideau que cortam a capital, a National Gallery, o Museu da Civilização Canadense - ambos prédios históricos – e o Château Laurier.

 

Stanley Park - Entre os parques do Canadá, o Stanley Park é um dos mais conhecidos. Localizado em Vancouver, é um dos maiores parques urbanos do mundo e tem espaços para piquenique, uma vista incrível da ponte pênsil Lions Gate, piscina aberta no verão, trilhas com variedade de vegetação e o totem aborígene no Brockton Point.

Turismo no Canadá - Seawall at Stanley Park

Stanley Park

Por que ir?

O Stanley Park é um tipo de patrimônio de Vancouver. É muito frequentado não apenas por turistas, mas por canadenses. O passeio pelo Sea Walk garante conhecer a English Bay, a praia mais famosa da cidade.

Dá para comprar salgadinhos e doces para comer sob o sol, ou fazer um piquenique mais robusto.

Ainda está na dúvida de coisas para fazer no Canadá?

Andar pela noite de Toronto – A cidade multicultural defende esse título noite a fora. As ruas que circulam a CN Tower reservam gratas surpresas no visual e nos sabores dos restaurantes internacionais. Mesmo que não entre para comer em nenhum deles é encantador observar a variedade da culinária pelos quarteirões. Comida chinesa, japonesa, coreana, tailandesa, italiana, indiana, lanchonetes famosas.... Os letreiros iluminados remetam a Nova York, mas com a “cara” de Toronto.

Por que ir? É uma oportunidade de conhecer a vida noturna de uma grande cidade, ter acesso a diferentes culturas apenas caminhando pelas ruas e é um passeio seguro com o riscos mínimos de sofrer algum tipo de violência, apesar de estar a noite.

 

Poutine – O prato típico canadense criado na província do Quebec deve ser provado sem medo das calorias. A mistura de batatas, molho gravy e queijo em uma porção pequena resulta em 700 calorias, em média, e custa entre 5 e  dólares canadenses.

Por que comer?

Ainda que se coma o Poutine feito em outros países, o Canadá é especialista nas misturas de sabor que originaram porções na versão vegan, com bacon, com outros queijos, com maple syrup... Essa iguaria é vendida em várias cidades do Canadá, então dá para criar um roteiro de lugares que servem o Poutine e descobrir qual é o seu preferido.

Por ser uma refeição calórica e com ingredientes “substanciosos” sacia a fome e dá energia para continuar os passeios pela cidade.

 

Passar o aniversário em Toronto – Sinta-se com sorte de em seu aniversário estiver em Toronto. Entre as comemorações com os amigos e familiares aproveite um dia de brindes e presentes oferecidos por várias lojas, lanchonetes e restaurantes.

Um café da manhã na Denny’s apresentando o documento, garanta um belo almoço no Mandarim preenchendo o formulário no site e apresentando o voucher, da mesma forma, ganhe um sorvete na Marble Slab Creamery, mas se preferir um smmothie preencha o formulário no site da Booster Juice. Para recarregar as energias e forma zen, entre no site da Kula Yoga e seja presenteado com uma aula de aniversário. E para comer mais um pouquinho a The Workers Gourmet Burguer oferece um lanche para quem preenche o formulário de fidelidade no site.

Por que aproveitar?

Estar no Canadá no dia do seu aniversário já é um presente. Imagine poder comemorar de um jeito muito diferente e gastando pouco?

 

O pôr do sol em Ontario Place – É uma espécie de complexo de lazer construído em 1971 que tem muitas atrações e um visual interessante. Está localizado as margens do lago de Ontario e está passando por uma revitalização atualmente que vai brindar os visitantes com um novo parque e uma trilha, entre outras mudanças.

Por que visitar?

Rende fotografias incríveis e é uma ótima oportunidade para apreciar a beleza de Ontario. Mais uma coisa que é muito legal que nem parece ser de graça.

 

Obviamente, nesse texto não está descrito tudo o que se pode fazer de graça ou com menos de 10 dólares no Canadá, mas para quem vai visitar o país pela primeira vez pode se inspirar para procurar mais atividades grátis ou baratinhas, o que certamente não será muito difícil de encontrar.

 

Saiba Mais:

Dicas para Economizar no Canadá

Algumas atrações em Toronto

 

Autor: Alexandre Luis Pedrosa – Sabe tudo sobre o Canadá.

Quer ajuda? Escreva direto para o autor: alexandre@vistoparaocanada.com.br

 

 

 


Alexandre Luis Pedrosa

sobre Alexandre Luis Pedrosa

Já viajou pelo Canadá de ponta a ponta. Sabe tudo sobre o Canadá. Certificado pela Comissão de Turismo Canadense; Especialista em vistos, imigração e sobre o Sistema Educacional no Canadá e Consultor no setor de vistos para diversas agências e empresas do Brasil. Escritor de contos e do E-book "99 atividades e atrações grátis para fazer no Canadá". Um eterno apaixonado pelo Canadá.


Escreva para nós aqui >

3 thoughts on “10 coisas para fazer no Canadá de graça (ou com menos de 10 dólares)